02/07/16

Resenha K-Movie - Pure Love




País: Coreia
Gênero: Drama, Romance
Episódios: 01 Episodio (Movie)
Classificação: 04 Estrelas
Ano: 2016

Repleto de emoções, não tem como não se divertir e chorar com essa história, principalmente quando falamos de Jung Soo Ok, uma menina especial cheia de sonhos, entre eles o de ser locutora de rádio e também fazer uma cirurgia na perna para poder ser livre e não depender de ninguém — ela acredita ser um peso para seu pai e seus amigos.

Pure Love - Amor Puro por um Drama Coreano

È um drama coreano que gira em torno de cinco amigos inseparáveis; o ponto de partida do filme é Beomsil, um locutor de um programa de rádio ao vivo e uma carta de 23 anos atrás que chega em suas mãos. Através dessa carta, o seu primeiro amor e a amizade com seus quatro amigos é relembrada.

É aquele tipo de amizade pura, mergulhada em cumplicidade e uma ligação tão forte que meus olhos se enchem de lágrimas só de relembrar. E claro, não poderia faltar o romance… Entre seus amigos está Beomsil, um garoto tímido que é completamente apaixonado por Jung Soo Ok, e ele está disposto a ajudá-la a realizar todos os seus sonhos.

"Eu estarei do seu lado, te protegendo. Para sempre."
E Jung Soo Ok finalmente está próxima de realizar um de seus sonhos. Um médico não só lhe deu esperanças como há uma chance de realizar a cirurgia em sua perna gratuitamente. Entretanto, para isso acontecer, ela terá que pedir a autorização de seu pai, que é completamente contra a cirurgia. Para ele, o melhor é que Jung Soo Ok fique em casa, sem fazer esforços ou por sua vida em risco. E mesmo que ela esteja convicta do que quer e não esteja disposta a desistir, algo inesperado acontece e toda sua esperança vai por água abaixo.


Encontramos então um filme recheado de brigas, lágrimas, risadas, amor e principalmente saudade. Uma certa nostalgia me pegou ao assistir esse filme, aquele sabor agridoce que envolve relembrar o passado se fez presente, o que tornou a história ainda mais crua.
“Pure Love” deixa a lição de lutar por aquilo que desejamos sem dar espaço para que a vontade de desistir apareça. E ainda que muitas portas se fechem, o filme mostra que é preciso lutar todos o dias, e quão fácil essa luta se torna quando estamos acompanhados de amizades para a vida toda. Sim, nem sempre os amigos permanecem, a vida acontece, mas aquele sentimento de segurança, o amor, permanece, assim como as lembranças.

È no momento que estamos em grande dor, que brilhamos mais."

Gu Family Book - K Drama



País: Coreia
Gênero: Romance, Ação, Ficção
Episódios: 24 Episódios
Classificação: 4 Estrelas
Ano: 2013

O que me levou diretamente para Gu Family Book (O Livro da Família Gu) foi minha louca vontade de assistir um drama com Suzy (Miss A), justamente porque não são poucos os que adoram Bae Suzy e eu queria entender o por quê de todo esse amor. E nessa minha busca eu assisti Dream High, que foi bom, mas não tão bom quanto outro que encontrei pelo caminho, Gu Family Book. Ah!, esse sim entrou para a minha lista dos melhores doramas e chegou para ficar bem lá no topo.

Gu Family Book - O Livro da Família Gu 


O dorama de época com requintes de fantasia gira em torno de Gu Wal Ryung (Choi Jin Hyuk) e Yoon Seo Hwa (Lee Yeon Hee). O pai de Gu Wal Ryung é uma criatura mistica, o protetor da floresta e um Gumiho (Raposa de Nove Caudas), e o mundo fantástico de Wal Ryung se encontra com o de Seo Hwa quando ela é amarrada em uma arvore para se arrepender de suas escolhas. Estranho? Bem, eu explico! Seo Hwa, após a morte de seu pai, foi foi vendida para tornar-se uma gisaeng (dama de companhia), algo que ela se recusa a ser, o que leva a punição de ser presa até que se arrependa.



E pode até parecer um pouco confuso, mas prometo que não é. Essa é uma história que te envolve desde seu primeiro episódio, o amor que se inicia entre Wal Ryung e Seo Hwa ultrapassa as telas de uma forma crua e completamente factível. Ainda há também espaço para o suspense e aventura. Seo Hwa deve permanecer escondida na floresta pelo Gumiho que se apaixona por ela enquanto é perseguida pelo assassino de seu pai, que deseja tê-la a qualquer custo.

Há ainda outras surpresas que não cabem a mim revelar, e dão o real significado ao título do dorama, mas já adianto que pouco a pouco, a cada episódio, eu finalmente entendi porque Suzy é tão querida por todos. Meses se passaram desde que terminei o último episódio, mas a trama ainda me arranca suspiros. Agora só posso torcer para que uma segunda temporada aconteça, não custa sonhar, não é mesmo? E por Suzy e Lee Seung Gi até valem a pena a ansiedade e a loucura de esperar sair cada episódio.

"Eu não tenho significado, sem você..."

Design e Desenvolvimento por Bruna Leite